Guerra (e Escavações Torácicas).

Cada pessoa lida com os acontecimentos do seu jeito. Isso me fascina. Isso me assusta, também. Tem gente que é de guerra, gente de paz, e ainda há aqueles que preferem manter-se alheios a tudo que se passa ao seu redor.

Certo dia olhei para os meus pés e vi que não mais havia âncoras presas aos meus tornozelos. Noutro dia estava em outro mar, depois em outro, em outro… me acostumei a apenas assistir de longe a segurança da terra firme. Ela já não me atrai mais. Seria essa, a vida que eu sempre procurei? Aí é que reside o cerne da questão. A vida que eu sempre procurei é, justamente, viver procurando. É eternamente cavar fundo até encontrar, em peito alheio, um coração parecido com meu.

Celular piscou.

Tenho desistido da ideia de eterna felicidade. Desisti. Os momentos que a gente chama de bons momentos só são chamados assim porque existem também aqueles que queremos esquecer. Bons momentos são bombas de endorfina que amolecem os espinhos que nos insistem em perfurar as partes onde nossa pele é mais fina. E essas partes são muitas, principalmente quando estamos despidos de armadura (sempre?). Tendo isso em mente, faço o que está ao meu alcance para que esses momentos sejam numerosos, visto que eles jamais são duradouros. Endorfina vicia.

Tenho assistido a guerras, e não são as da tevê. Em mares que tangem os meus, existem explosões tentando atrair meus olhos. Explosões que pulverizam no ar todo tipo de sentimentos nocivos, perigosos. Quando tudo na nossa vida está em seu devido lugar, não nos passa pela cabeça a ideia de propalar aos quatro ventos essa falsa felicidade. Muito menos, os espinhos, que são de verdade. Forjada com lágrimas contidas, a felicidade anunciada se derrete com a chegada do primeiro sinal do amanhecer. Eu já fui para longe, e te deixo ir, contanto que não olhes mais para trás. Não com essa cara, e não com essas palavras escritas na testa.

Como é que tu pretendes lidar com isso? Conheço mil formas de se proceder; mais da metade delas parecem mais sensatas, ao meu ver. Nessa constante mudança de mares, tenho fugido para cada vez mais longe da fumaça dessas explosões. Hoje, distante a ponto de te ver como um minúsculo ponto próximo à curva do horizonte, encontro-me às portas de uma nova vida, aquela vida que eu sempre procurei: viver procurando. A memória recente de uma longilínea silhueta ornada pelos iluminados prédios da metrópole, mesmo sendo fruto de um mero retrato imaginário e possivelmente efêmero, tem me guiado para longe da tua guerra. E para cada vez mais longe da terra firme. Aqui a água é fria, e a hipotermia me força a dar braçadas cada vez mais convictas, em sentido oposto ao dos teus passos.

Celular piscou de novo. Ainda não. Ich V. D.

As baixas que a nossa guerra fria estampa nos jornais são justamente os sentimentos bons, os sorrisos verdadeiros e as memórias que valiam a pena serem guardadas.

Mortos um a um, restam apenas os feridos: eu e tu.

81 Respostas to “Guerra (e Escavações Torácicas).”

  1. Caroline Says:

    Um dia escreverei metade do que tu escreve! Parabéns.

  2. @pedroemanuel Says:

    Bem profundo seu texto, levou-me a várias reflexões sobre a vida aqui. Está de parabéns ;D

  3. @tiagozero Says:

    Não sei se gosto, cara.

    Nossas vidas não são tão diferentes umas das outras.

    Assim as vezes é agradável lermos descrições de emoções que já tivemos, também. Vide Stand Up Comedy, crônicas de L. F. Veríssimo, etc.

    Mas as vezes, ao contrário, a reação é de achar o texto pouco criativo.

  4. Andréia Favarin Says:

    Adoro os seus textos, sempre tão inspirados e inspiradores. A vida é realmente uma eterna procura e a gente só é realmente feliz quando percebemos que não devemos procurar a eterna felicidade e sim, viver os momentos de felicidade que a vida nos proporciona e fazê-los durar o máximo possível, mesmo sabendo que não conseguiremos mantê-los para sempre. Essas bombas de endorfina são realmente bem-vindas nos momentos de guerra fria. Continue escrevendo sempre!
    Às vezes você me confunde com os seus “devaneios”, talvez, alguns momentos de epifania, mas acho que é isso que um escritor busca, fazer com que as suas palavras sejam interpretadas dependendo dos sentimentos de quem as lê.

  5. Nicole nardy Says:

    Leio todos, todos os dias.
    Você é o farol, que me guia dentro dos meus 7 mares.
    Genial.

  6. Yayá Says:

    Lembra-te das histórias que te contavam quando tinhas sete anos? Se tua vida é baseada em continuar procurando, os mais belos tesouros são os que residem no fundo do mar. Em alguma caverna.

  7. Roberto Granja Says:

    Nossa!
    Ler um texto com esse grau de “perspicácia” pela manhã é algo divino.

  8. felipeamoress Says:

    Paraiba kra… vc eh d+, qria te conhecer pessoalmente, poder conversa cm vc =D!! Vlww por existir, sempre leio seus textos, assisto vc na teve, vejo suas fotus e assisto vc no twitcam! Sempre q da eu vou em 1 show seu =D!! kra, minha namorada tem ateh ciumes de vc kkkkk Brinks! ela tbm gosta de vc =)!! Abraaço Lucas,, ateh a proxima, Comenta no meu texto tbm, se der! felipeamoress.wordpress.com Obrigado

  9. Mihh Says:

    Ler isso, a essa hora da manhã, me deixou sem palavras :z

  10. garotinha_rosa Says:

    caralho…
    Chorei!

  11. Joelma Andrioli Salgado Says:

    Esperei anciosa por esse post, incrível!!!

  12. Gabii @lovebeeshop @gabii_BSB Says:

    Simplesmente perfeito, como sempre!!!
    E concordo com cada palavra, frase, principalmente quando diz que a vida é “viver procurando” e viver procurando a felicidade perfeita é esquecer de viver o agora, e aguardar esses momentos que são os melhores, pra que procurar por algo sem nenhuma certeza se podemos viver o agora, e ser feliz desse jeito? eu penso nisso, a cada momento que eu penso em algo mais distante, no futuro, e me pergunto eu vou ser feliz? mas paro pra pensar, pq eu vou ser feliz se eu posso hoje ser… talvez não é como eu imaginei mas as vezes é o melhor que eu pensei mas fico cego pensando e procurando sempre por essa felicidade. Enfim, sempre me empolgo aqui haha vc me empolga me inspira sempre. rs E obrigada por mais um post me fazendo me sentir muito bem nesse inicio de semana. Eu te amo muito, vc é minha maior inspiração! (L) Beijos

  13. Anyone Says:

    Genial Lucas, como sempre.

  14. @kmiyazato Says:

    Fascinante!!!! Amei o texto…

  15. Mariana Vicenzo Says:

    a verdade é que a gente vive ‘pensando’ e assim impedindo que o improvável aconteça!o importante é que no meio desse caminho a gente não perca quem somos porque depois que toda ‘tempestade’ passar, o dificil seria lembrar.e aí é que mora o perigo!

    quando já esntrou-se divertar vezes no picadeiro e já esgotou-se a paciência e a força pra cultivar o circo, o melhor que se tem à fazer é sentar e rir dos palhaços!

    se quem foi levou muito de nós, então não era pra sermos daquele modo e assim como vc disse que a vida é buscar pela vida, ela simplesmente exige que agente resista e que nos renovemos sempre!

    nossas braçadas tão na merma direção.
    FORÇA HOMBRE

    vc brilha aí, que resplandece aqui😉

  16. Giuliana Says:

    Mais que demais, lindo!!!

  17. tutti Says:

    temos o costume de escrever com rodeios, para não parecer tão óbvio.
    …a verdade salta através de tuas palavras.

    não fuja daquilo que tu és, força!

  18. nina Says:

    Meu pelego Lucas!

  19. Rhaissa Says:

    Porra, Lucas! Aí ferra guri u_u
    Sou tua fã, daquelas que lê tuas coisas e se inspira HAHHA
    Li esse texto hoje cedo lá pelas 6 da manhã. Não tive nenhum motivo pra estar feliz hoje, mas saiba que teu texto me animou um pouco.
    Pelo menos me fez pensar que diante de tudo ainda me restam coisas boas à se admirar.
    Tu e teu trabalho todo e todos os seus dons são coisas boas pra se admirar.

    Sou fã mesmo e com muito orgulho! :DDDDD
    Tudo de bom pra ti
    Beijãaaaao da @rhaaaai

  20. Monique Dias Says:

    Me inspirei! indo buscar minhas folhas de rascunho, obg!

  21. Manu, Says:

    Me fez pensar. Talvez eu tenha nascido pra viver procurando também, já que não me deixam ancorar no porto que escolhi. Muito lindo o texto, Lucas.❤

  22. Carol Says:

    Bom, todos os seus textos me fazem refletir sobre o assunto, meus parabéns Lucas❤

  23. detestertrois Says:

    Bom Blog e boas palavras. Sucesso sempre!😉

  24. @rafhaturati Says:

    Exatamente o que vivo, mas ainda não me conformei em não ser feliz pra sempre, ainda vivo procurando.

  25. Baar Says:

    Tudo sempre perfeito. Muito meu.

  26. @tainagooo Says:

    Se metade das pessoas aceitassem esta realidade…
    “A vida que eu sempre procurei é, justamente, viver procurando. ”

    Ninguem nasce com resposta…nem com caminhos certos!
    A vida, o viver é justamente procurar respostas e caminhos… algo que nos mova dia a dia… enfim ter uma razão… e a nossa razão é procurar uma razão!

  27. Nunna Says:

    ‘ NÃO POSSO ENTENDER TUAS PALAVRAS ,DO MESMO JEITO QUE VOCE ENTENDE ELAS ,AFINAL CADA UM TEVE EXPERIÊNCIAS DIFERENTES !
    MAS PRA MIN CADA UMMA DELAS , ME AJUDA A ME REERGUER DE UM AMOR MAL AMADO E A REFLETIR MAAIS ‘

  28. Karina Says:

    Cada vez que leio um novo texto teu, só me faz pensar e entender que tudo que você é, todo teu sucesso não é em vão, o teu talento se reflete em tudo que você escreve, tu é muito MESTRE!

  29. @tha_nascimento Says:

    “Tenho desistido da ideia de eterna felicidade. Desisti. Os momentos que a gente chama de bons momentos só são chamados assim porque existem também aqueles que queremos esquecer.”

    foi exatamente nisso que pensei quando escrevi esse texto:

    http://7chaves.wordpress.com/2010/04/27/dias-especiais/

    e esses dias especiais aos quais me referi, foram os que você esteve prensente =)

  30. Fernanda Ribeiro Says:

    Não sei dizer ao certo o que me veio à cabeça quando li seu texto. Uma sensação estranha que de certa forma mexeu comigo.

    Gostei😀

  31. Amanda Says:

    me apaixonei ..

  32. kassiafelix Says:

    “A vida que eu sempre procurei é, justamente, viver procurando. É eternamente cavar fundo até encontrar, em peito alheio, um coração parecido com meu.”

    Por mais que seja bizarro, e todos digam e talls; SINCERAMENTE seu coração é parecido com o meu, talvez sejamos irmãos separados por cegonhas, ou indo mais além, almas gemeas que nunca se encontraram…
    A vida que eu sempre procurei: Seguir um ídolo que jamais saberá que eu existo… ou Procurar em outros corações tal sonoridade que encontro no teu…

    “Bons momentos são bombas de endorfina.”
    “As baixas que a nossa guerra fria estampa nos jornais são justamente os sentimentos bons, os sorrisos verdadeiros e as memórias que valiam a pena serem guardadas.”

    é exatamente isso; e cara acho que não deveriamos chamalos de “BONS” não é mesmo; mas como não sou boa em nomear palavras deixe estar alguém a de descobrir o que sentimos, e esclareça nossa duvida nominal…

    “Mortos um a um, restam apenas os feridos: eu e tu.”

    é doí muito saber que a guerra acabou assim, não é mesmo?
    chega a doer em mim, cada palavra lida que vc escreve…

    guri vocé é fantastico😉 o genio, o mestre❤ ♥

  33. @quelsr (Raquel Rodrigues) Says:

    Acabei de chegar em casa, primeira coisa que eu fiz foi ligar o pc e ir direto ao twitter saber o que estava acontecendo na minha ausência, então me deparo com o link do teu blog e vim ler sabendo que aqui encontraria algo que me chamaria atenção como sempre, me identifico com teus textos, com a tua pessoa […] Belo texto. Para mim está retratando seu atual momento de viagens, de procura, sem lugar fixo. Eu também estou a procura desses momentos de felicidade já que ela não é eterna só que diferente de ti não estou no mar e sim em terra firme olhando pros lados a cada segundo tentando descobrir algo diferente do que olho todo dia, às vezes cansa, mas continuo firme e forte. Só estive perto de você DUAS vezes, primeira dia 28/03 (show com anberlin) e depois dia 24/04 (show do viradão carioca) e nesses dois momentos fui feliz, não durou pra sempre, passou rápido, entretando ao fechar os olhos ainda lembro de como foi bom o jeito que me senti nesses dois dias. Queria MUITO que acontedcesse de novo e o mais rápido possível.

  34. Alana Says:

    Texto lindo, de novo.
    Algumas coisas fazem sentido ainda.

    Só tenho uma dúvida. O que seria Ich.V.D?
    hahaha.

    Sempre volto aqui🙂

  35. sentimentoscomprimidos Says:

    “Aqui a água é fria, e a hipotermia me força a dar braçadas cada vez mais convictas, em sentido oposto ao dos teus passos.”

    com certeza o mais certo a fazer, em alguns momentos.

    eu amo todos os teus textos e todas tuas palavras intensas.

  36. segredosdeliquedificador Says:

    “Mortos um a um, restam apenas os feridos: eu e tu”

    PORRA SILVERA *———————*

  37. Thailane Vasconcelos Says:

    Pois é,cada vez que venho aqui ler seus posts,me deparo com coisas tão interessantes,e diferentes ao mesmo tempo.Difícil de explicar,interessante de se entender.Acho que defino suas palavras assim.

  38. bruna Says:

    “As baixas que a nossa guerra fria estampa nos jornais são justamente os sentimentos bons, os sorrisos verdadeiros e as memórias que valiam a pena serem guardadas.

    Mortos um a um, restam apenas os feridos: eu e tu.”

    É.

  39. Bru Tavarina Says:

    Meu divo *-*
    Sem palavras, tu es o melhor.

  40. marcela barbosa Says:

    hmmmmmm, GENIAL.
    tú não faz ideia de como tudo o que tu escreve me fascina e me afeta, se encaixa na minha vida ou pelo menos faz algum sentido, tú é incrivel, tú é um mestre, obrigada novamente por existir e compartilhar esse teu DOM de escrever com todos nós.

  41. Adriele Says:

    Mestre, mestre.

  42. Cinthia Says:

    e eu cansei de procurar em mar, terra céu e ar.
    aprendi que amor definitivamente não existe.
    pelo menos não na vida real, ou que alguém me ensine
    o que é este tal. vivo apenas
    da instantânea felicidade.

  43. Doucci Marcos Says:

    você é simplesmente o melhor, se tiver lendo isso saiba que tem um fdp no fim do paraná, quase na divisa com o paraguay, que te admira pra carai! fica a sugestão, tente lembrar de mim daqui 5 minutos quando tu for pegar a jarra d’agua na geladeira, pense no quanto você é importante, pois você forma opiniões, quando escreve, quando canta, e quando coloca aquelas calças apertadas de mais que eu tambem quero ter a coragem de usar, meu exemplo de rockstar é você, mesmo você não sabendo (ou não querendo saber) se é um. tento me perder em suas confusões, me deparo que algumas delas são tão parecidas com as minhas, mas eu acho que voce nunca vai ler isso mesmo, então pouco importa, ahh, e sim, esse é o e-mail que eu uso! um abraço cara, de coração.

  44. Pedrita Says:

    isso é o que te diferencia de fiuk, pe lanza, di ferrero e todos os outros cantores dessas bandinhas de hoje em dia: tu é um poeta, mano. UM POETA! o que você provoca dizendo verdades, coisas bonitas, enfim, escrevendo do jeito que tu escreve nenhum desses outros aí vão conseguir provocar, NUNCA! por quê? porque tu é um poeta, digo e repito, um poeta!
    tenho um orgulho do caralho de ser tua fã! ♥

  45. Cintia Violatto Says:

    LUCAS CESAR LIMA SILVEIRA,esse é o nome do homem que escreve coisas lindas que a cada palavra me emociona e me faz pensar mais na vida. Os seus textos são lindos,suas músicas melhores ainda e você nem se fala né,você é lindolindo ♥
    o meu amor por você é diferente. Lucas Cesar Lima Silveira eu te amo como um irmão que me dá conselhos pelas músicase pelos textos que me faz entender cada dia mais como é a vida e as coisas complicadas do amor,te considero muito e você merece todo esse sucesso que faz pois tem muito talento e é dificil encontrar pessoas assim. obrigado,obrigado é a unica coisa que eu tenho pra falar as suas músicas seus textos me ajudam a mudar,me ajudam a entender tudo. Nesses 3 anos que conheço você eu criei um amor enorme e diferente um amor de fã e de irmã,nesses 3 anos eu mudei também e mudei pra melhor porque foi ouvindo suas músicas e entendendo o que elas queriam dizer e foi lendo seus textos com calma e atenção que eu entendia tudo eu consegui mudar e ser uma pessoa muito melhor. Como não consigo nunca te ver eu me contento em ouvir sua voz todo dia,ver suas fotos e seus videos essa é a unica prova que eu vou ter que alguém tão perfeito é real existe,esse alguém é você. Obrigada Lucas de verdade mesmo,mesmo você nem sabendo de onde sou,quem sou eu eu te amo pra caramba

  46. thalita Says:

    nossa lukinhas,tu escreve exatamente o que está pasando na minha vida
    obrigado.

  47. @ingri_dih Says:

    “Os momentos que a gente chama de bons momentos só são chamados assim porque existem também aqueles que queremos esquecer.”
    pontofinal.

  48. Michelle Says:

    Gostei deste texto, bem dinamico.Me fez lembrar de um sonho que sempre tenhu há anos no qual também estou em mares turbulentos…e como no texto vislumbro terras firmes, mas nunk chego nelas.
    bj

  49. @juburkner Says:

    Adorava quando via aqueles textos enormes no seu fotolog e lia por horas e dias, seguidos. É bom ter isso novamente!

  50. Beatriz Braga Says:

    Perfeito como tudo que tu escreve! Guru! bjus e boa noite!

  51. Marcelle Nascimento Says:

    Tenho você como um ídolo. Não só pela música. E a cada dia me mostra muito mais que eu posso imaginar. Além de músico, é o meu melhor poeta.

  52. Juliana Vieira Says:

    Não sei se algum dia eu tive a certeza da eterna felicidade, essa passou de raspão por aqui, deu a volta e foi longe!
    Entendo sua busca, pois a minha também consiste em procurar, o que eu ainda não sei!

    Também já senti esse gelo me corroendo, e um dia com alguma força consegui ir contra, consegui me desvencilhar daquilo que me mantinha imóvel,com o coração sangrando.

    “e são tantas marcas que já fazem parte do que eu sou agora mas ainda sei me virar”
    cuide-se!!!
    beiju

  53. Fernanda Says:

    Eu nunca comento blogs, mas isso fez muito sentido pra mim.
    Ah, essas guerras…

  54. thewally Says:

    “Os momentos que a gente chama de bons momentos só são chamados assim porque existem também aqueles que queremos esquecer.”

    “As baixas que a nossa guerra fria estampa nos jornais são justamente os sentimentos bons, os sorrisos verdadeiros e as memórias que valiam a pena serem guardadas.

    Mortos um a um, restam apenas os feridos: eu e tu.”

    E incrivelmente são os bons momentos os que mais nos fazem sofrer e todos aqueles que nós querermos esquecer são que infelizmente nós mais lembramos.

    É incrivel como as tuas palavras me tocam de tal maneira!

    Mestre, mestre!

  55. Letícia Vieira Says:

    “Os momentos que a gente chama de bons momentos só são chamados assim porque existem também aqueles que queremos esquecer.” Lindooooo ♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥
    Parabéns mais uma vez…. você se supera cada vez mais!!! ♥♥♥ Amo Muito Voce ♥♥♥ Beijosss ♥♥♥♥♥

  56. @suzanerodrigues Says:

    A um tempo atrás cheguei a essa tua mesma conclusão, de que a minha vida é viver procurando. Agora , procurando o quê?… eu ainda vou descobrir, ou talvez seja essa a resposta… viver procurando a resposta dessa pergunta. ;}

  57. Lucas Munhooz Says:

    bora escrever um livri paraíba, tu é GÊNIO.

  58. Isabela Says:

    eu já disse que tu é incrivelmente perfeito ?

  59. Paola Freitas Says:

    Parabéns. Eu queria ser metade do que tu escreve.

  60. roberta hina Says:

    só não quero assistir alheia a tudo a minha volta

  61. Says:

    Cada texto seu me deixa mais orgulhosa e fã de ti. Teus textos expressam tudo.

  62. RMG Says:

    É isso mesmo, amigo!
    Felicidade permanente é mera utopia.
    O que podemos aproveitar são o fragmentos de tempo em que a felicidade existe…

  63. Alice Barros Says:

    Paixão a primeira vista… Texto incrível e uma indiscutível verdade contida nele.
    Voltarei sempre!

  64. Jéssica Caroline Says:

    Confesso que esse texto me deixou confusa. Penso que é o trabalho de vocês, poetas nos fazerem refletir sobre suas palavras e cada um chegar a conclusão que nos pareça mais adequada. Não sei se interpretei mal, mas concordo com você quando diz que a felicidade não se procura e sim, devemos vivê-la todos os dias.
    De sagitariana pra sagitariano: nós não nos entendemos e nem somos entendidos. E a felicidade está bem ali do outro lado da esquina, é só sober vivê-la bem e saber desfrutar depois dos momentos bons que dela ficaram.

  65. @dmcstorck Says:

    caaara, teu texto tá muito bom mesmo! reflexivo, complexo.. adorei.

  66. Jèh.zin; Says:

    queria um dia escrever como tu velho ;DD
    te amo forever. (L)
    texto lindo.

  67. henryev Says:

    Eu queria uma tema como esse do blog é bem simples mais é legal,alguem sabe o nome do tema?

  68. roberta Says:

    Talvez a morte seja o não procurar mais perde-se o sentido da vida….

  69. roberta Says:

    não seria fazendo algum sentido

  70. helena89 Says:

    Gostei do texto, gostei do blog. Gostei de você. Voltarei sempre

    Nova nesse negócio.

    Passe um dia por lá e deixe sua impressão.

    Até mais.

  71. dayane Says:

    muito bom mesmo

    nem as cançoes teriam espaço pra prestigiar todas essas palavras encantadoras

    escreva mais pra gente

    fikaremos gratos sempre

  72. Paola Says:

    Sabes que ler teus textos traz inspiração à todos que lêem? Realmente está de parabéns, por cada vírgula que colocaste aqui. Sempre que termino um, tenho um gosto de quero mais, e isso é o que todo leitor deseja ter, e tu estás de parabéns, novamente.
    Gosto do teu ponto de vista, és criativo e realista ao mesmo tempo. Continue assim. Grande beijo!

  73. amanda Says:

    perfeito, divino. tu é demais, minha admiração por ti aumenta todo dia, sempre! e não vai mudar. continua assim, tu é maravilhoso em tudo que tu faz lucas.

  74. @IsahEspindola Says:

    Acabei de chegar em casa, primeira coisa que eu fiz foi ligar o pc e ir direto ao twitter saber o que estava acontecendo na minha ausência, então me deparo com o link do teu blog e vim ler [2]
    Mt bom os textos .. felicitações😀

  75. Ana Says:

    Ich Vermisse Dich?

  76. Victória Martins! Says:

    POORRA *———-*

  77. strangerworldbyana Says:

    Teus textos sempre são tão perfeitos, tu saber muito bem como por em palavras sentimentos que as vezes não se tem como expor.
    Adoro vir aqui e ler o que tu escreve, sempre me conforta.
    Continue alegrando-nos😀
    Beijoos

  78. NICOLE PETTA Says:

    identificação totallllllll………

  79. Patricia Lorrane Says:

    mt bom

  80. fazendoalgumsentido Says:

    Reblogged this on Fazendo algum sentido.

  81. Gabriela Mendes Says:

    Reblogged this on Próximo Descee comentado:
    “Mortos um a um, restam apenas os feridos: eu e tu.”

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: