O Quintal de Casa (e As Quinas da Mesa).

Eu já fui pequeno.

Lembro que minha mãe enrolava panos nas quinas da mesa da sala de jantar para que eu não batesse com a cabeça nelas. Lembro de visitar lugares que hoje me parecem normais e sentir-me ameaçado pela vastidão deles. Traçava linhas imaginárias que, uma vez transpostas, me colocariam ante o misterioso e convidativo território desconhecido. Dava medo, ao mesmo tempo em que era impossível resistir aos encantos dessa jornada exploratória. A gente nem sabia o que queria – às vezes, até mesmo inventávamos motivos para avançar – mas sempre estávamos na caça ao tesouro.

Os lugares que eu visitei durante a infância hoje chegam a parecer claustrofóbicos, em novas visitas. Eu cresci. As quinas não estão mais protegidas, muito menos está a minha cabeça, que trafega na velocidade do pensamento pelos mais sinuosos caminhos. Mas o conforto das linhas imaginárias, associado à inércia causada pelo medo do desconhecido, faz a gente parar de procurar. Medo de bater, a gente tem. Bater, ás vezes, a gente bate, inclusive. No entanto, os anos passam e pouca coisa muda, além de uns pêlos perdidos no peito e uma barba que tenta denotar maturidade. É um choro ligeiro, um curativo e, após isso, apenas mais um lugar pra gente tomar cuidado da próxima vez.

A gente precisa trafegar no território desconhecido pra aprender que ele é tão previsível quanto o quintal de casa. A única certeza que a gente tem que ter é a de que a próxima esquina pode guardar, SIM, aquilo que a gente mais procura. E, amigos, aquilo que a gente mais procura jamais está em nosso quintal. Das duas, uma: ou está na rua, ou no quintal de outro alguém. Então a gente corre, entra sem bater, por vezes até invade propriedade alheia, na busca daquilo que a gente nem tem muita certeza do que é. Só não podemos esquecer de que as quinas estão lá.

Na época eu não sabia, mas descofiava: um dia eu seria maior do que as paredes do quintal de casa.

E foi bem longe dele que eu encontrei  o que procurava.

103 Respostas to “O Quintal de Casa (e As Quinas da Mesa).”

  1. oquefaltava Says:

    MUITO bem escrito. tá de parabéns🙂

  2. Thais Says:

    Muito Lindoo DIVO

  3. Bruna Says:

    Fui a segunda? q

  4. Bruna Says:

    Lucas, você é foda, cara. Me ensina a escrever bem assim? D:

  5. Camila Leite Says:

    Tempo.

    Tempo.

    Passa.

    E tudo muda.
    Só as lembranças ficam.

  6. Bih Tonetto Says:

    Muito bom, pra variar.
    Às vezes tenho medo das quinas, mas nada que um capacete não supere!

  7. Ravena Says:

    Mestre é mestre!

  8. Gabrielle Ruiz Says:

    mestre é mestre! [2]

  9. cheeer Says:

    Cara, você não existe, sério.❤

  10. @Nine_label Says:

    Gosto do jeito que você embala teus pensamentos e lembraças..gosto! abraço rapaz!

  11. @naahziiinha Says:

    Sempre com as mais belas palavras.

  12. Jéssica Nery Says:

    Ai Lucas ! Sou muito sua fã, amo ler as coisas que você escreve !

  13. @maritrancoso Says:

    Era o que eu precisava ler hoje. MUITO obrigada, Lucas!

  14. Caroline Says:

    Eu juro que, se um dia, eu escrever com metade da perfeição que tu escreves, eu serei a pessoa mais feliz do mundo! @riseandfall_

  15. Ana C. Says:

    Legal até \o

  16. @naiana_lia Says:

    se te consola, minha mãe não fez isso com as mesas de casa, e por isso eu tenho uma cicatriz na testa…
    nem por isso me fez segura, nem por isso me fez deixar de acreditar…
    crescer é meio isso mesmo, querer sair, pra poder voltar…
    enfim…sei lá…fato é que tu escreve muito e sempre casa com o que muitos pensam…
    parabéns!
    bj

  17. gabriela Says:

    mestre

  18. Bruna Says:

    Achei esse o melhor texto.
    A realidade que tu transformou em linhas lindas.
    Poeta, né.

  19. kassiafelix Says:

    vocé é muito foda *-*
    vocé foi bem mais longe que as paredes do seu proprio quintal, e eu agradeço porisso ♥

  20. @lariihdg Says:

    Eu sempre me indentifico com os seus textos *-*
    FO DA ” A única certeza que a gente tem que ter é a de que a próxima esquina pode guardar, SIM, aquilo que a gente mais procura. ”
    guardarei pra sempre :*

  21. Renée Hasperoy Says:

    É, crescemos.
    Às vezes é difícil enxergar isso, mas é a realidade!
    E longe ou perto, bom que encontrastes o que procuravas.

  22. @lu_fontoura Says:

    Adorei!😀

  23. Laine Bento Says:

    Nossa seu texto me veio acalhar hj… Estava no msn conversando com uma amiga sobre algumas quinas em que bati a cabeça…
    É um dia se cresci… e a proteção não se faz tão necessária assim…

    Lucaaaaaaaaaas, sem palavras…

    Não sei se sou mais fã do escritor ou do cantor =)

    bjs

    @lainebento

  24. Isadora Vieira Says:

    Cara,lendo isso eu me lembro da minha infância…
    Os meus momentos de exploração no qual eu ficava escavando o quintal de casa atrás de qualquer coisa que pra mim significasse algo.
    Apesar de nossos pais sempre tentarem nos proteger das ‘quinas’ nem sempre é possível,e aprendemos mais quando nos batemos nelas.Porque o machucado tá sempre lá pra nos lembrar do aprendizado…
    Digo hoje,que encontrar me bater nas ‘quinas’,tomar topadas e bater a cabeça na parede me fez crescer e saber explorar melhor o que está ao meu redor.
    Enfim…vou parando por aqui pq senão não saio hj!^^
    Ótimo texto…

    BjoOoOs… =]

  25. fernanda veras Says:

    “agente precisa trafegar no território desconhecido pra aprender que ele é tão previsível quanto o quintal de casa. ‘

    é verdade.

    quando tiver uma folga faça faculdade de letras, nem que seja pela net vc vai gostar.

  26. janderunited Says:

    Muito bom.
    Parabéens.

  27. @jehhhhhh Says:

    e oq seria da gente sem as batiiidas?

    vc é mto foda er.
    amo vc
    (L)

  28. beatriz Says:

    uma lição de vida a cada texto, você é meu idolo!

  29. Lara Says:

    Você mexe com o emocional das pessoas de uma maneira que só vc consegue! e de uma forma positivaa.. admiro demaais você! tudo que vc escreve é incriveeel!

  30. Jéssica Says:

    Eu acho muito interessante a facilidade que você tem em se expressar com as palavras. Gosto muito de ler o que tu escreve nesse blog, é muito foda.

  31. @BarbaraMalzoni Says:

    A cada dia que passa tu me surpreendes ainda mais. Estás de parabéns.

    É muito bom saber da existência de alguém tão inteligente, perspicaz, sensível e desenvolto com as palavras. Melhor ainda sendo conterrâneo meu.

    Parabéns pelo teu dom de escrita e pelo teu dom na música.

  32. @itsNaa Says:

    Nossa cara…
    Voce é bom demais, acho incrivel como tu me faz pensar com as coisas q escreve…

    Simplemente sensacional !

  33. luanalevenhagen Says:

    Teus textos estão sendo muito pertinentes com o momento em que tenho vivido em minha vida. Obrigada pelas palavras de sabedoria que me ajudam nas experiências que eu ainda vou viver, e você já viveu. Tu é mestre. Sempre.

  34. @teusemblante Says:

    Se for preciso, eu quero bater minha cabeça em muitas quinas.. pra conseguir oq eu quero! Parabens Lucas.

  35. Giovana Says:

    Justifica-se todas as vezes que eu disse que tu era meu ídolo ao ler estes textos.

  36. Monique Says:

    sempre incrível.

  37. Jéh.zin Says:

    sempre surpreendendo.
    dhfuiahoiusdhuifhiushaiuhfsduifd
    aiai lucas você é o melhor beijo;*

  38. Fernanda Says:

    Uma lição de vida, a cada texto. +1 Eu acho incrível esse dom, e poder que tu tens com as tuas palavras. Continue escrevendo sempre, te faz bem, e me faz um bem maior ainda. (L)

  39. Vanessa Says:

    É incrivel como você consegue ir direto no coração da gente, nos fazer pensar…

    As quinas existem, as batidas são inevitáveis, mas acontecem para que possamos crescer e não desistir dos nossos sonhos.

    Nunca deixe de escrever… meu ídolo!!!

  40. @suzanerodrigues Says:

    ”Na época eu não sabia, mas descofiava: um dia eu seria maior do que as paredes do quintal de casa.

    E foi bem longe dele que eu encontrei o que procurava.”

    toda vez q leio um texto q me lembra a minha infância fico emocionada, e com esse num foi diferente.!

    não deixe isso aqui morrer como o fotolog POR FAVOR ;}’
    beijo :*

  41. Diego Says:

    SHow hein Lucas

    Cara vc é demais

  42. laaiz Says:

    adoro ler o que voce escreve *-*

  43. Pedrita Says:

    sempre me surpreendendo…

  44. Roberta Says:

    Bom desde de 2006 eu venho lendo o que tu escreves D=
    Ainda espero por um bendito livro😀
    Mais adoro ler *-*
    E esta muito FODA esse❤

  45. Talessa Says:

    tão perfeito quanto tu🙂

  46. Renata Ap. de Melo Says:

    Então lucas eu li lembrei de quando eu era pequenina as kinas da minha casa aindá são lacradas tenho uma irmãzinha.hauahu
    Poxa parábéns vocÊ escreveu com muito sentimentalismo , sinceridade..
    Amo muito suas frases são muito sinceras ..Nossa estou sem palavras pra escrever td akilo que realmente sinto dentro de mim , vc é como um anjo que trás palavras importante para minha vidaá
    …QUE DEUS ILUMINE TDS OS SEUS CAMINHOS<3

    AMO DIMAIS <33

    PARABÉNS MAIS MAIS PRA VC….MAIS E MAIS

  47. Dih Says:

    Luke,cada palavra,cada verso…tudo que vc faz é perfeito…

    eu queria ter te visto quandi um pequenino…

    eu ia te morder todinho!!
    tô zuando…

    Mas,falando serio …o que vc escreve,é tocante…

    XoxO

  48. Manoela Says:

    Ai, Lucas. Que lindo mesmo.

  49. Lívia Says:

    Gosto como tu escreve e como coloca as palavras. Posta sempre no twitter, pra gente continuar lendo.

    ps: eu te procurei na sogipa quando tu ainda tava aqui, mas ninguém queria me dar informação nenhuma:/

    beijos.

  50. Adriele Says:

    Você cresceu, ainda bem🙂
    Lindo texto!

  51. Misael Mainetti Says:

    Lucas, good morning. I really liked your text. It’s very personal and we can reflect about it. I like to write 2. If u could, send me an e-mail, so I send my book that I’m writing. Hugs. I’m writing this message in English just to become a little different, so you will read this. If you read, do it.

  52. Rafaella Weiss Says:

    Lucas, parabéns! O tempo passa e a cada dia você escreve melhor! =]
    Parabéns pelo blog, pelos textos, pelas músicas e por levá-los cada vez mais perto de nós.

    Beijo
    Até mais!

  53. biabrussi Says:

    você vai ser grande, pode ter certeza! ;*

  54. Luma Says:

    Parabéns Lucas, texto lindo!
    Todos eles tem alguma coisa que surpreende no final, e serve de lição ..

    “… E foi bem longe dele que eu encontrei o que procurava.”

  55. Alaine Says:

    Putz ! Adoorei ,
    vc é Lindoo .
    E oo que vc escreveeu é maiis ainda . !

  56. Marina Bilinski Says:

    Adorei. Tb amo escrever…
    Parabéns!
    O fim é bem sugestivo, vou levar comigo.
    Beijo Lucas.

  57. @gabi_elle Says:

    Báh! Eu cheguei em casa de mais um dia de prova de vestibular, tava meio irritada, mas entrei no twitter e vi que tinha postado algo no blog, claro vim correndo aqui , e cara era tudo que eu precisava pra fazer meus dias melhorar um pouco. Como todos os outros textos, mais perfeito impossível, e impressionante como cada um deles eu me identifico de alguma forma. Vc é fonte de inspiração pra mim viu? e continua escrevendo sempre que não tem ideia do bem que vc faz. Vc transmite nos textos algo que não dá pra explicar em palavras. Te amooooo. Beijo enorme (L)

  58. Leticia Says:

    caramba, me emocionei agora *-*, muito bem escrito. Espero um dia escrever bem assim, é sempre bom soltar a imaginação né?

  59. Jéssica Caroline Says:

    Medo do futuro todo mundo tem, mas faz parte da vida se arriscar. Levaremos na cara, mas também vão ter momentos bons, ou, podemos dizer, que serão perfeitos.

  60. Iris Patricia @irispatricia Says:

    O homem que nunca sentiu dor jamais deixará de ser uma criança.

    Te amo!

  61. allweek Says:

    muito bem escrito e as metáforas então?

  62. Thaissa Says:

    Ok, Mestre… Você consegue me surpriender cada vez mais, em cada novo texto! Sinto-me extremamente orgulhosa de ser fã de uma pessoa como você, um verdadeiro mestre!🙂

  63. Rayane Says:

    Parabéns mais uma vez você mandou muito bem. Continue assim. = D

  64. Ludmila Barcellos Says:

    Nossa adorei!
    Além de cantor, você tem muito jeito para ser escritor.
    Continue assim😀
    Beijos

  65. Ludmila Barcellos Says:

    adoro ler o que voce escreve

  66. Larissa Bastos Says:

    Lucas, você escreve de uma maneira tão simples e boa de ser lido. Eu hoje sinto medo de correr atrás do que quero, mas sei que esse dia logo chegará e eu não poderei ficar adiando isso para sempre. Tenho que procurar, mas o que quero tenho quase que certeza, que assim como você, está bem longe do quintal da minha casa. Parabéns pelo texto.

  67. RenanShoji Says:

    Muito bom, Gênio *-*

  68. Ba tuzzin Says:

    inigualável, incomparável. muito bom mesmo, de verdade, Lucas.
    Ao mesmo tempo em que parece ser algo melancólico – por relembrar das nossas adoréveis infâncias – é algo capaz de se identificar totalmente com o leitor. sem palavras cabíveis, te amo!

  69. Karen Borges Says:

    Bah porque você escreve tão bem hein ?
    Adoro seus textos !

  70. karina Says:

    Cada vez mais surpreendente! Demais.

  71. Barbara Says:

    Muito perfeito. Todos os seus textos são tão lindos.

  72. Isabela Says:

    caralho, nem me surpreendo mais com a sua enorme capacidade de escrever, cantar, compor…
    já disse no twitter, e repito que você devia mesmo fazer um livro. você é foda cara, abuse e use disso🙂

  73. Isabela Says:

    ah, só pra acrescentar, eu amo você.

  74. Tailís Says:

    Meu Deus. *-*

  75. Daniel Lélis Says:

    A vida é uma caixinha de surpresas mesmo. E que bom que seja. Lembro da primeira vez que ouvi uma música da Fresno. Como não estava acostumado ao estilo, logo disse: “Não, dessa eu ´tô`fora.”Mas o tempo passou, e logo me vi ouvindo muitas outras músicas da banda. E quanto mais eu ouvia, mas eu passava a gostar. Pronto: já era mais que fã do grupo; era um multiplicador de fãs; até a minha vozinha eu quis conquistar com a música “Infância”. E não é que ela gostou? Bom, mas voltando a história da caixinha a qual me referi inicialmente. Caramba, quer dizer então Lucas, que além de nos brindar com ousadas letras musicais, que refletem muito do que somos ou do que fomos, você também escreve artigos (crônicas)?! E muito, muito bem escritos por sinal. Bom, mais uma surpresa boa então. E mais uma razão para te admirar. Parabéns, viu? Parabéns pela coerência, inteligência e talento. O texto “O Quintal de Casa (e As Quinas da Mesa)” retrata com sutileza, fidelidade e emoção memórias das quais você sente alívio em compartilhar. Adorei lê-lo. Estarei aqui sempre que puder. Se puder, me segue no twitter: http://twitter.com/dannlelis

  76. Naty Says:

    Parabéns Lucas ! Me extremamente bem quando leio seus poemas, quando ouço suas músicas. Como disse o Tavares no DVD, que tem gente que gosta de falar da plantação de maconha, do pó, da esquerda..direita. E falar de amor não faz mal a ninguem. E você faz isso MUITO BEM ! Muitas pessoas querem mudar a cena política, da corrupçãpo do caos do mundo, mas não mudam o jeito de ser..não incentivam o amor, que é o princípio de tudo.. sei la, não sou muito boa pra explicar. mas enfim, parabéns !

  77. Téh Baccarin Says:

    sem palavras, você tem o dom lucas ! *_*
    sucesso

  78. Nicole Greco Says:

    Sabias palavras, tu sempre surpreende a todos com seus lindos textos.Lembro que a muito tempo atrás ouvia tuas músicas e a cada dia que passava meu amor por ti ia aumentando cada vez mais e hoje aqui estou eu, loucamente apaixonada por ti, por tuas músicas e teus textos, me sinto tão orgulhosa por ser tua fã.Seus textos me ajudam tanto, é incrivel, quando eu os leio me sinto tão bem.Que tu continue escrevendo e fazendo cada vez mais sucesso porquê você merece sim tudo de mais maravilhoso que tu pode ter. Obrigado por existir ♥ MESTRE !

  79. silvana. Says:

    Como sempre tu deixa todos apaixonados pelos teus textos, tua forma de pensar e de descrever teus pensamentos. Tu é um orgulho pra mim.
    MESTRE. tu é foda. ♥

  80. marina rangel Says:

    nossa lucas, a cada post seu eu acabo aprendendo mais, e tudo se relaciona comigo, sempre que eu leio eu me identifico de todas as formas, e vejo como que a realidade não é bem o que a gente sonha e pensa. É engraçado também que estamos em constante mudança e isso é o que serve de aprendizado, nossas caidas e quando levantamos , eu tento sempre levantar mais forte e muitas vezes não dá. E você como sempre continua mestre !
    E cada post que leio de você eu reflito e sempre acabo me confortando❤

  81. Ana Sartori Says:

    Bah,tu é foda mesmo.
    Te amo,vagabundo.

  82. @henriqueee_ Says:

    já dizia aquela música
    o tempo passa e com ele caminhamos todos juntos sem parar, nossos passos pelo chão vaãããão ficar, marcas do que se foi, SONHOS que vamos ter…

  83. maria Says:

    Acredito eu que pancadas nas quinas das mesas de nossas casas seriam bem vindas a todos nós. A procura é incessável. Por vezes e vezes entrei sem pedir nos quintais alheis, e por vezes e vezes não encontrei o que procurava. Ainda procuro. Ainda acredito que um dia eu encontre. Espero que o que é pra ser meu, não esteja na rua, e sim no quintal de um outro alguém.

    Parabéns pelo texto, Lucas.

  84. Thatha Nascimento Says:

    que possamos encontrar em algum quintal qualquer, não aquilo que procuramos, mas o que nos fizer bem.

    torço pra que aquilo que você encontrou, seja mais do que você queira, seja o que você precisa. porque você, você merece, Lucas.

  85. Giovanna Says:

    Lucas , acho seus textos incríveis e quero que saiba que foi por influência deles que eu comecei escrever textos extremamente pessoais e regados de sentimentos.

    Valeu ♥

  86. Jéssica Says:

    ah Lucas, seus textos são incríveis, amo tudo o que você escreve, de verdade, por isso sou sua fã, com muuuuito orgulho, pode ter certeza *-*, você é demais, continue assim. ♥

  87. Renata Ap. de Melo Says:

    http://www.youtube.com/watch?v=fFe33SYWstI ai lucas minha maninha cantando fresno não liga minha voz tava roka ahuhuauhauh eu tava brizando ouvindo sua voz perfeitá

  88. Renata Ap. de Melo Says:

    ai abafá video pela metade vou passar o outro link uhauha

  89. Cissy Says:

    Nem preciso dizer o quanto incrível você é com as palavras.Minha mãe também adora todas as músicas e textos que você escreve.*-*

  90. Renata Ap. de Melo Says:

    Povo vamo comentáá =)

  91. Adrielli Martins Says:

    Como um dos meuss *—————-* …
    Linddoooo !

  92. Rodrigo Ceni Says:

    Me fez chorar.

    Sem mais…

  93. tatiane Says:

    aah como senti falta de seus textos , mais cá estou eu de volta rs . Eu gostei tanto desse texto cara , pq eu estou meio que entrando na adolescencia agora , e é facil eu me lembrar da minha infancia , de quando minha mãe protegia eu e meu irmão dessas “quinas” , e eu penso que eu terei que buscar muito além do quintal *o* mais tenho medo e insegurança , nossa esse texto foi muito profundo em mim Lucas , ainda estou aqui refletindo . Mais como eu sempre digo cada texto seu parece que é escrito pra mim , e tenho certeza que muita gente sente o mesmo , me faz refletir me faz pensar , e eu gosto tanto disso , você é a minha inspiração . Obg por existir *-*

    EU TE AMO MT LUCAAS , VOCÊ ME FAZ TÃO BEM *–*
    bye: tati .

  94. Raiane de Oliveira Says:

    está de parabéns como sempre *-*
    agradeço sempre a Deus por você existir, porque muitas vezes, é sonhando com você que eu tenho forças pra continuar (:
    parabéns mais uma vez meu lindo, beeeijo

    Twitter: @Raiane_Oliveira

  95. Faaeel Says:

    Tava sumido mestre! Achei qe tinha parado de postar, ainda bem que achei o novo site! Maravilhoso o texto como sempre!

  96. Karollinepaiva Says:

    ”As quinas não estão mais protegidas, muito menos está a minha cabeça, que trafega na velocidade do pensamento pelos mais sinuosos caminhos. Mas o conforto das linhas imaginárias, associado à inércia causada pelo medo do desconhecido, faz a gente parar de procurar.” Eu me arrepiei nessa parte, é sério oO’ Parabéns pelo ótimo texto!

  97. marinhad4 Says:

    cara tem vezes q eu não te endendo!
    mas adorooo vc!
    mega bjoO!

  98. Vivi Says:

    Se eu dissesse que esse texto me fez parar pra pensar, de modo algum estaria mentindo.

    “A única certeza que a gente tem que ter é a de que a próxima esquina pode guardar, SIM, aquilo que a gente mais procura. E, amigos, aquilo que a gente mais procura jamais está em nosso quintal.”

    Espero, ainda, poder um dia abrir o portão. =]

  99. Rose Löbell Says:

    É, e o tempo passou..

    Muito bom, Lucas!❤

  100. Sabrina Says:

    Nossa muito perfeito, como tudo que o Lucas!

  101. flavinha Says:

    Assim…maravilhoso!!!

  102. lifelord Says:

    adoroo esse textooo *–*

  103. Priscila :-) Says:

    Quando crescemos nossos horizontes se expandem tanto… que ficamos até meio perdidos… =/
    Beijo :-*

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: