Tenho escrito menos.

E vivido um pouco mais. A literatura de meus dias perdeu o caráter de microconto, por isso não mais os tantos posts. Virou romance que não mais se capitula em poucos parágrafos. Muitas vezes abandonei em branco o texto, pois olhava, míope, para dentro de mim e nada via senão o nebuloso vulto da ulceração que ainda gritava em vermelho. Precisava encontrar um caminho para a superfície, mas no fundo daquele poço encontrei um par de lentes.

O romance nos desafia a convicção, por vezes tira a paciência, e pode até nos subtrair alguns anos da vida, mas quando é que alguém, por um segundo que fosse, cogitou – a sério – viver sem ele? Nossas aspirações vão, cada vez mais, aproximando-se da realidade; a gente passa a prometer menos, mentir menos, e chega até a achar que, dessa vez, erraremos menos, por julgarmos saber onde escondem-se todas as bombas desse campo minado. Nem preciso lembrar que a única certeza no romance é a de se estar eternamente em apuros, saracoteando as pernas para não se deixar afundar totalmente no obscuro e indecifrável oceano que é a vida daquela pessoa com a qual estamos de mãos dadas.

Em apuros pois é perigoso. É perigoso porque a gente arrisca. E a gente arrisca porque quer. Ninguém nos obriga a viver o amor, mas a gente ama vivê-lo. Ninguém nos obriga a sentir as mesmas dores de novo, mas a gente se quebra em mil pedaços para sentir o prazer na cura. A gente acha que pode viver sem, mas as palavras soluçadas no fim de uma noite ébria evidenciam o que, para todos ao nosso redor, já era óbvio: estamos fodidos.

Em apuros não estou só eu, estamos todos nós, meus caros. Romance é o que se persegue pelas esquinas, que foge à luz dos postes, e ele está bem. Em perigo estamos nós, nesse apuro que reside na nossa urgência em vivê-lo. Vivê-lo, mesmo que torto, inacabado, ferido, precipitado, errado, proibido, ou impossível. Vivê-lo de verdade, com intensidade e sem escudos. Como deve ser, e como inevitavelmente é, quando nosso coração nos dá aquela única e inevitável rasteira que nos faz quicar no chão.

Viver o romance é estar em apuros.

Estou vivendo, e não quero ser salvo.

About these ads

129 Respostas to “Tenho escrito menos.”

  1. amandinha Says:

    Báh guri..poxa demoro amei…
    “Viver o romance é estar em apuros”

  2. Gabriela Prado Says:

    Nossa,que texto lindo Lucas .
    Parabéns

  3. ramona Says:

    pqp velho.. perfeito *-*

  4. ariihindiequeen Says:

    muito lindo o texto. Parabéns Lucas *-*

  5. @carlabuchalle Says:

    Bom romance então!

    Acho q to começando um tbm!

    Espero ñ precisar ser salva!

    Bjin ^^

  6. @carlareiis Says:

    Que perfeição, já li todos os teus textos, e esse se tornou meu preferido!
    “Viver o romance é estar em apuros.

    Estou vivendo, e não quero ser salvo.”

  7. Rosana R. Says:

    Incrívelmente lindo!!!
    Vc realmente tem o dom das palavras, admiro esta sua mente fascinante!
    Queria sitar alguma frase que me conquistou, dominou, mas é imposível porque fiquei vidrada desde a 1ª frase até o ponto final!

    E como disse a @carlabuchalle “Bom romance então!”, e que vc possa “sentir o prazer na cura”…

    Abraços!

  8. Isadora G. Tenório Says:

    Fudido estamos nós. Na verdade já vejo o romance como a morte, de capuz e face de caveira, e não tenho medo disso.
    Se tu não escreve mais tanto como antes é porque acabou alguns pontos de interrogação na sua cabeça, sei como é isso.

    tava com saudade de te ler ou ler teus sentimentos.
    VMB tem que ser nosso muleque *-*

  9. Juliana Zanini Pereira Says:

    Nossa Lucas, é incrível, mas novamente o seu texto veio de encontro ao momento em que estou vivendo, e mais uma vez pude me ver nas tuas palavras…parabéns por mais um texto simplesmente brilhante, mesmo vivendo mais do que escrevendo por favor sempre que tiver um tempinho escreva, não nos deixe sem esses textos inspiradores.
    Um bom romance a você…e no meu caso tmabém espero poder viver meu romance….
    Abraços

  10. David Jozzy Says:

    Texto bom! Mas acho que muita coisa disso se quebra quando o romance baseado em paixão vira amor. Isso explica o por que da maioria dos relacionamentos não serem longos: muitos não suportam a transição de paixão pra romance, a paixão é tão enebriante que faz a gente perder o chão, evoluir pra amor é voltar a encarar o asfalto e ainda assim querer a pessoa do lado.

    De qualquer forma, tanto num “casinho” de um mês, quanto num casamento de anos, erros são cometidos, impossível sempre adivinhar e saber o que a pesso quer. Caso não se saiba compreender e entender algumas decepções que o outro lhe traga, não acho que alguem esta apto a ter um romance. Como você mesmo disse, é estar em apuros, e uma frase de uma música diz uma coisa bem certa: if doesn’t brake your heart, it isn’t love / if it doesn’t brake your heart it’s not enought.

    Erros acontecem, vai das pessoas gostarem mais de construir do que de destruir.

    Espero não ter perdido o Foco.

    Parabens, Lucas..hoje em dia te admiro pra caramba, já fui do time que criticava, mas hj em dia vejo um exemplo de artista (não apenas instrumentista; artista) num país cheio de coisa descartável.

    Good luck!

  11. David Jozzy Says:

    *Perdão os erros de digitação, é o sono ;p

  12. David Jozzy Says:

    *Perdão pelos erros de digitação, é o sono

  13. evellynepereira Says:

    Lucas, como sempre, você está de parabéns.
    É incrível como você consegue expor todos esses sentimentos, e desvendar todas essas respostas.

    Sonhando com a apresentação da fresno no vmb.

  14. @ah_sah Says:

    Justissímo escrever menos e viver mais. Mas, manda demais quando da o ar de suas palavras e sentimentos.
    *-*

  15. Aracelly Lima Says:

    Oh, Lucas… parabéns mesmo, parabéns!!! Eu sou viciada em seus textos, é cada um mais perfeito do que o outro. Eu sempre digo que és foda, porque sempre manda muito bem. E esse último não fica atrás, mais uma vez você está certíssimo em tudo o que disse, em cada palavra e mais um vez as suas palavras caem como um luva na minha vida e acarinham o meu coração. É impressionante como a cada texto postado, expressa exatamente o momento que estou vivendo, e esse “Tenho Escrito Menos”, se encaixa perfeitamente.
    Sempre que puder, dê o ar da graça por aqui, eu necessito de suas palavras.
    Um imenso beijo.

  16. @RitaFerro2010 Says:

    Como sempre, vc escreve muito bem e descreve o que todos sentem, coloca em palavras perfeitas sentimentos que estão longe de ser fáceis de explicar. Lindo! Muito lindo mesmo!

  17. Ráah;* Says:

    Viver o romance é estar em apuros.

    Estou vivendo, e não quero ser salvo.

    Caraa, disse tudo!

  18. Says:

    Nooossa!! O romance realmente não está em apuros, se faz novo sempre e nós é que ficamos em apuros.. Apuros que deixa as minúsculas sensações bem apuradas! Alguns tendem a fugir, mas sempre se deixa arriscar!
    LIiindo texto!
    E postei algo parecido no meu blog a algum tempo atrás.
    Bjs
    Sucesso sempre!
    Que nunk deixes de escrever e nos presentear com tanta poeticidade e verdade!
    ^^

  19. Mari Fagundes Says:

    foda-se, não tenho mais nada pra comentar. Teus textos serão sempre os sentimentos que qualquer um deseja denominar, explicar,mostrar. Serão sempre os mesmos comentários, ( lidos ou não ) pois seus sentimentos serão sempre descritos de forma inigualável. foda-se

  20. @LiineCamargo Says:

    … “Ninguém nos obriga a sentir as mesmas dores de novo, mas a gente se quebra em mil pedaços para sentir o prazer na cura. …”

    . Esse é o prazer que me habita agora.

  21. Bruna Siena. Says:

    Não quero ser salva também, mestre.

  22. writinandgreality Says:

    Resgate-me, pois dos monótonos que vivo não me fazem mais sentir emoções estão superados, passados, resolvidos ou deixados de lado de nada mais me vale viver assim.. Salve-me nem que seja preciso trocar todo o sangue e repor um novo do qual não tenha mais nenhuma vacina contra nada, que seja puro e que meu coração possa retomar bombear novos sentimentos das ilusões que não queremos nunca deixar de sentir.

  23. ELLYDYANA Says:

    eu fico passada cmo alguém consegue escrever exatamente o q eu sinto, qdo essa pessoa n sou eu…sempre me surpreendo,sempre!

  24. Laine Bento Says:

    Ainda estou na duvida se minha admiração é pelo canto ou o blogueiro romântico ou o twitteiro destrambelhado…
    Só tenho certeza de uma coisa quero isso pra sempre….

    bj, Laine Bento

  25. Victória Martins. Says:

    pqp, mto perfeito *-*

  26. dissectingmymind Says:

    Provemos de sua genialidade, sem duvida os seus posts fazem conosco o alem de absorvermos e nos identificarmos, inspira tambem, parabéns.

  27. like a wilco song Says:

    felicidades! texto lindo.

  28. detestertrois Says:

    Muito bom! Parabens! ;D

  29. @letiifob Says:

    “Ninguém nos obriga a viver o amor, mas a gente ama vivê-lo.”
    Simplismente amei. A gente ama vivê-lo. AMEI.

  30. @_nines Says:

    eu sempre visito aqui e nunca tem atualizações, e sempre que tem não visito haha.
    Primeiramente. Só de ver esse post me dá vergonha de todos os meus, de verdade. Nunca vi alguém escrever tão bem quanto você, Lucas.
    É como se fosse – na verdade é – conforto para os meus piores dias, inspiração para os meus melhores dias, isso é fato.
    Quero umas aulas com você de escrita, será que pode? tô precisando. Porque ultimamente, a inspiração sumiu e a gente acaba inventando histórias, para ser feliz.
    E como eu queria que fosse a Nicolle mais uma vez, um dos únicos casais que gostei ao certo.
    Mas, epsero que a pessoa que tu ama, mereça mesmo, tanto amor, porque isso, esse romance, não pode de maneira alguma, ser jogado fora tão rápido assim.
    Obrigada todos os dias, por ser minha maior inspiração.
    O tavares tá muito chato, avisa pra ele haha.
    Queria ter um amigo assim ):
    Sucesso na Fresno sempre, MESTRE <3

  31. pensamentosereflexoes Says:

    “…Ninguém nos obriga a viver o amor, mas a gente ama vivê-lo…” Adoreiii o texto .. que perfeito e é a pura realidade … principalmente esta frase em destaque: Nós não somos obrigados a viver um romance, mas buscamos por conta prória vivê-lo pq gostamos destes apuros que ele têm!
    Luu .. deverias publicar um livro com todos estes textos .. cada dia um + perfeito q o outro! … Passa lá no meu e lê meus textos? Comenta-os tb? beeijos

  32. bootsmadeforwalking Says:

    TEM MERMO QUE VIVEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEER NESSE APURO!

    seja mto mto mto feliz LUCAS ANGEL!!!!!!! HAHAHA

    até porque, agora.. vc sabe dosar bem a bazuca de intensidade que o tal romance lhe proporciona.
    vive vive e vive.
    não pensa.
    ama e vive! ;)

    beijinho libélula-boy!

  33. inexistenteparavoce Says:

    Tu brilhas, cara. E todo esse brilho é refletido em tuas palavras.
    @fernanda_2bj

  34. jinribeiro Says:

    Você além de ser um ótimo compositor/músico/cantor , também é um excelente escritor , dane-se se tu és famoso ou não, mas tu tens o dom , isso é irrevogável .

  35. @munks_ Says:

    ameeei o texto amor *-* lindo lindo ♥

  36. Liuh Says:

    às vezes o que você escreve tem tanto aver comigo. *-* por exemplo, esse texto. luquinhas… sem palavras! esse post ficou incrível! ;* te amo!

  37. Rhany Says:

    É foda, mas estamos fodidos mesmo, hehe.
    lindo demais!

  38. @BSecrets_ Says:

    O amor é o que nos dá prazer de estarmos vivos, é o que alimenta a nossa alma, é aquilo que nos faz ter uma mistura simultânea de paradoxos perfeitos sentimentais. Ele te leva à mais profunda alegria a sua inenarrável dor, ele que te faz sentir nas nuvens e no inferno queimando em seus próprios desejos. Amar é arriscar, é buscar a sua felicidade, é principalmente, viver!
    Pra mim, de fato, você é o melhor poeta atual, parabéns Lucas!

  39. Jéssica Says:

    LI E MORRI, ERA EXATAMENTE O QUE EU PRECISAVA LER

  40. lunamaveriick Says:

    Inicialmente , Parabéns, acho que de fato merece tais elogios acimas, não nego tuas palavras me surpreenderam , escreves muitissimo bem , fala do romance da forma que ele realmente é, confuso, apaixonante, doentio, eletrizante e tantos outros adjetivos , não esperava que nesse momento as palavras que tanto precisei ouvir viessem de uma pessoa de tão longe e que eu sinceramente não esperava ser tão sensivel ao amor, acho que nós (platéia) fazemos uma imagem muito diferente do que vocês realmente são, estou feliz em descobrir que não é bem assim! Palmas a você, é bem verdade, MERECE!

  41. @fuckshinny Says:

    ain Lucas, descreve o que sinto tão perfeitamente. unica coisa que eu quero um dia fazer é te abraçar muito forte e agradesser por tudo s2

  42. @fuckshinny Says:

    vooc descreve tão perfeitamente o que eu sinto *-* O que eu quero apenas é um dia poder te abraçar e agradecer por tudo s2

  43. @gab_rossi Says:

    mano, que PERFEITO *-* eu me identifico tanto com o que você escreve. s2

  44. segredosdeliquedificador Says:

    Agora é a minha fase de questionar, se esse romance em apuros realmente está em cada esquina. Espero logo o ver.
    Como sempre, bom texto Lucas.

  45. Paloma Soares Says:

    meeeu, os seus textos são os melhores! eles transmitem as coisas de uma forma tão profunda e verdadeira. parabébs Lucas por todo esse talento que você tem! amo os seus textos, suas músicas, sou viciada! rs. te amo s2

  46. Aline Says:

    Nossa adorei seu texto!
    Me ajudou um pouco com o que estou sentindo, e vivenciando nos ultimos dias…
    Será q posso colocar um trecho em meu blog? (Com os devidos créditos é claro.)

  47. strangerworldbyana Says:

    bah, sinto-me sem palavras para descrever ESSE texto, não como descrever aquilo que o ROMANCE nos causa se não como APUROS. Mas é uma coisa boa ainda assim, pois buscamos, de uma maneira ou de outra, esse sentido que o romance dá a nossas vidas, é como um se fossemos mártires desse eterno vai-e-vem das nossas vidas.
    Parabéns Lucas, não deixe de escrever, tuas palavras são tudo que eu quero ler SEMPRE!
    beijoooos

  48. DhanLawyer Says:

    Estou em apuros. Estou vivendo um romance.
    Meu caro Lucas, sempre acertando em cheios os singelos momentos da minha vida.

  49. Lilian Tavares Says:

    Bom Lucas, eu acompanho o seu trabalho há exatos 4 anos, e juro que não sabia desse seu dom de fazer poemas, de “dar conselhos” às pessoas!!!…Muitas pessoas colocam defeitos em ti pra mim, eu já te achava um puta de um cantor e compositor, agora então, nem se fala, vou contar pra todos que falaram de ti pra mim o que vc faz, se transforma em “poeta” nas horinhas vagas….rs
    Desejo tudo de bom pra ti e pra toda a banda e parabéns pelo o que escreveu…foi defitivamente sem palavras! Fiquei refletindo em cada frase deste “poema”…Parabéns!!!!

  50. Vanessa Says:

    “Ninguém nos obriga a viver o amor, mas a gente ama vivê-lo.”
    Sábias palavras… e sem ele, mesmo que quiséssemos, não conseguiriamos viver. Então, meu querido, vivamos todos o amor. Parabéns por mais um belo texto.

  51. Andreia Says:

    Adorei, eque ninguém se atreva a salvar os enamorados!
    Parabéns!

  52. Ana Carolina Says:

    Por tantas vezes achei que amar era completamente erroneo, que não saber mais quem você era e nem tentar descobrir mais apenas para decifrar as mais profundas e secretas qualidades e os defeitos de alguém. Deixar de viver a sua vida, que já tão conturbada e dificil para viver a de outra pessoa. Amar sem desejar ser amado e além de tudo ainda não ser egoista. Não vou dizer que nunca fui assim. Não serei covarde a ponto de negar que meu maior medo é não ser amada. Talvez. Mas tudo se resume ao simples fato de não acreditarmos realmente no que outra pessoa é capaz de sentir. Guardar no peito o mais profundo sentimento e não ter coragem de olhar nos olhos e dizer :EU TE AMO! De ter que guardar um sentimento apenas pra você e ter a certeza de que esse alguém jamais será seu. Muitas pessoas acham que é por pura vaidade, e que sentir algo importante por alguém que é conhecido não é real. Apenas uma ilusão ou um capricho talvez. Ter a certeza de que isso é impossivel não nos faz desistir de tentar. Isso pode estar muito longe do meu alcance, mas eu não vou desistir de TENTAR.

  53. bmassolino Says:

    Seus textos fizeram falta..

  54. . Jèh.zin Says:

    que lindooo
    Seus textos fizeram falta..²

  55. Sara Gomes Says:

    Lucas meu lindo, casa comigo? Você é tudo que um dia eu sonhei (e ainda sonho) pra mim. Te amo perfeição s2s2

  56. umaarmanodeserto Says:

    “Viver o romance é estar em apuros.
    Estou vivendo, e não quero ser salvo.”
    Sim, EU não quero ser salva !

    Que lindo Lucas… O que seria de mim sem seus textos !!!
    Está perfeito como sempre !

  57. Paola C. de Freitas Says:

    Eu acredito que todos os melhores elogios já não são tão grandes quanto o que tu escreves. Nada é tão profundo. Nada é tão intenso, ao menos para mim.

    Cá estou eu, procurando um bom, na verdade, um ótimo elogio para o que acabei de ler. Frustrante tudo isso. Mas, infelizmente, ou felizmente, desisto de procura-lo. Não encontrarei nada no tamanho certo, na mesma medida ou com a mesma intensidade.

    DOM… É isso que tu tem. Enfim.

  58. Marina @mbordon Says:

    Gostei..muito sincero o texto
    a única parte que não gostei muito foi a parte do ‘postar menos’.. rs
    = )

    beijinhosss

  59. Felipe Greco Says:

    ameiiiiiiiiiiiiiiiiii,seus textos são muito foda mano

  60. Felipe Greco Says:

    todo dia venho aqui ver se ha novidade,e a cada dia uma nova lição.

  61. @__Thainan Says:

    no meu caso, mudaria a última frase:

    ‘estou vivendo e PRECISO ser salvo.’

    suas palavras me fazem bem, querido!

  62. Giuliana Says:

    Ai meu Deus!!!!!! Não fica sem escrever tanto tempo assim!!! Amo-te demais Lucasssssss vc é fodastico

  63. Giuliana Says:

    Impressionante como tu sente as coisas alma de um verdadeiro artista!!! Isso que tu é um artista estupendo!!! Lindoooooo queria eu ser a tua amada hehehe

  64. @Fliplkn Says:

    Como sempre texto cheio de verdades.
    Eu acho idiota e fracas as pessoas que não se arriscam…
    Dizem não valer à pena. O que não vale à pena é não se arriscar!

  65. @suzanerodrigues Says:

    apaixonado! HAHA :}

  66. Tiago Says:

    Tem como ler isso e naum se sentir inspirado, emocionado, diferente ou mesmo sentir apenas uma sutil mudança no que estava pensando?
    Essas palavras das quais algumas o meu vocabulário não conhece dão um tom de fala oral de seus textos, muito foda. E ainda falam que a música não tem mensagens à transmitir.

  67. Renata Barros Says:

    Me apaixonei por sua alma, estou em apuros, e você só me sorriu…
    Me apaixonei agora por sua carne, e você nem mesmo sabe a cor dos meus cabelos…
    Senti seu cheiro e me apaixonei agora, por sua essência doce amadeirada…
    Não consigo deixar de ouvir sua voz, e vou seguindo apaixonada e em apuros…
    Gosto disso
    Platônicamente, inéditamente…

  68. @heygabie Says:

    “O romance nos desafia a convicção, por vezes tira a paciência, e pode até nos subtrair alguns anos da vida, mas quando é que alguém, por um segundo que fosse, cogitou – a sério – viver sem ele?”

    “Viver o romance é estar em apuros.
    Estou vivendo, e não quero ser salvo.”

    MESTRE <3

  69. Júlia Says:

    MEU DEUS ! Lucas. o que é isso meu ? Cara, esses textos me fazem chorar, sério. Acho que com quem consegue se identificar é perfeeito. Parabéens caro mestre (l)

  70. josene verdile felicio Says:

    Lucas,passei a ler seus textos por causa da paixão de minha filha por ti,e posso dizer com sicreidade que escreve muito bem,pois além e ser pedagoga sou uma leitora assidua de todos os generos textuais e daço asugestão de que vc produza uma coletânea e publiqe um livro, seus textos sõ emoção que permite levar o leitor a refletir…aproveite este dom que tenho certeza que irá ajudar muitos jovens a adquirem o hábito da leitura, poi como diz frei Betto : ” Na vida e na historia colhe-se amanhã o que se planta hoje”
    mãe da ray…sucesso sempre,mas sempre com a humidade presente.

  71. josene verdile felicio Says:

    ñ sei se vai ler,mas descupe os erros, sou péssima em digitação,cato milho,prefiro papel e caneta.

  72. itsalovely Says:

    poxa Lucas… quase chorei.
    você falou tudo o que eu já sabia, mas não queria acreditar. sabe ?
    você as vezes consegue fazer com que eu me entenda, eu me confunda mais ainda.

    “Viver o romance é estar em apuros.

    Estou vivendo, e não quero ser salvo.”

    enfim, você é foda.
    e eu amo seus textos *O*

    http://itsalovely.wordpress.com/

  73. Bruna Says:

    como eu queria ter esse dom de escrever.
    mestre, só isso eu tenho a dizer.

  74. bruno Says:

    Broder (desculpe a intimidade, te vejo, ousso e leio tanto que me sinto teu melhor amigo), ler oque vc escreve me faz perceber o quanto ainda tenho de evoluir, não pra ser igual e sim profundo. não sei se vai ler isso mais, si ler e poder entra no link percebera oquanto ainda tenho de evoluir rs, tudo de melhor pra ti!

  75. Rener Melo Says:

    Lindo… Talentoso… Esforçado… Por isso, rico… E ainda escrever bem! Achou exagero?! E nem te conheço, pra escrever aqueles pequenos e ricos detalhes do dia a dia.
    Parabéns, por ser quem é. Por conseguir o que tem. Você é ícone.
    O Beijo <3

  76. Anna Says:

    Como você, seu talento musical amadureceu.
    Com sua clareza de que “Ninguém nos obriga a viver o amor, mas a gente ama vivê-lo.” é possível fazer um paralelo e entender que ninguém nos obriga a mudar musicalmente, mas nós mesmos cansamos, crescemos e, depois de muito, vamos ser fiéis a nós mesmos…
    Essere felice. Questo è ciò che desideri dal cuore e con tutta sincerità

  77. Fernanda Says:

    FUDIDOS estamos todos nós se um dia vc deixar de escrever e expressar com tanta perfeição tudo aquilo que habita em nossos corações e mentes…e que na grande maioria das vezes, nós mesmos desconheciamos! PQP, vc é FODA!!!

  78. Yasmin Katssumi Says:

    Eu já te achava uma pessoa encantadora depois que comecei a ouvir a Fresno e agora,que leio seus textos,lhe acho uma pessoa maravilhosa. As pessoas deveriam ver seu lado “escritor”. É bom saber que pessoas como você,que a gente nem sabe,pensa como nós. Um beijo,querido.

  79. @jakeleite Says:

    pois é as vezes demoramos pra perceber que não conseguimos viver sem o amor, porque não queremos viver sem ele!
    tu é um mágico..
    sempre me faz chorar..
    te amo s2

  80. @BarbaraMalzoni Says:

    Não sei até que ponto sou forte e nem quando estou sendo covarde.

    Creio nunca ter vivido um verdadeiro romance, não pelo que eu já tenha julgado ser ou não.

    Confesso que sempre priorizei a felicidade do outro, deixando-me em segundo plano, pois é maravilhoso fazer o bem sem nada esperar em troca. Depois de tantos tombos, causados por mim mesma, cansei, estou exausta. O último tombo ocorreu ontem, por descuido, por ilusão, por simplesmente acreditar em conto de fadas. O encanto se acabou, mas as esperanças continuam (mínimas, mas há algum resquício das mesmas).

    Estou aprendendo a aprender, a ser, a viver.

    Saiba ouvir seu coração, sua consciência. Mas, mesmo assim, preste atenção na razão. Se você foi, de algum modo, prejudicado ou ferido por alguém hoje, tente entender e aprender com isso. No início é bem difícil, mas com o tempo você se torna profissional. O exercício é a chave.

    Tudo o que você aprender durante os tombos da sua vida ensine à quem necessita. Assim como muitos são os que lhe ajudam, mesmo que você não perceba, você pode ajudar muitas pessoas mais.

    Aprenda, ensine, viva!

  81. Patricia Milena Says:

    Lucas, motivo de canções românticas e novelas açucaradas, o amor parece ser um sentimento livre de explicações racionais. Os longos suspiros e o intenso sentimento de felicidade ao lado do par romântico são sustentadas por justificativas fisiológicas, elas podem até determinar o tempo de uma paixão e os estágios de um relacionamento.
    Segundo a médica Cibele Fabichak, mestre em fisiologia pela Unifesp, no livro ” Sexo, Amor, Endorfinas & Bobagens ” a paixão tem prazo de validade e dura de um a quatro anos aproximadamente e segundo ela existem 3 estágios: Começa com o desejo sexual, seguido pela sensação de euforia e felicidade ao lado da pessoa, que é o estágio da paixão romântica e posteriormente há a criação de um vincúlo duradouro, nem sempre obedecendo essa ordem, então ame e se apaixone afinal não existe explicações racionais para o amor…

  82. Isabela Says:

    ” Estou vivendo, e não quero ser salvo. ” +1

  83. misael41 Says:

    “Estou vivendo, e não quer ser salvo”.

    A gente necessita sofrer, nao é?

  84. Ludimila Bassan Says:

    “Ninguém nos obriga a sentir as mesmas dores de novo, mas a gente se quebra em mil pedaços para sentir o prazer na cura.” que coisa mais linda

  85. anne Says:

    0iiiiiii!que legal adorei seu texto;eu também adoraria viver um romance em apuros também;só está me faltando opirtunidade

  86. @alinetatsch Says:

    awwn lindo *-*
    tu escreve como ninguem,mestre.te admiro muito,queria poder ter metade do seu talento.
    continua sempre assim :*

  87. Luan Says:

    Bela análise do romance, Lucas. Achei muito interessante o texto, descreveu de forma filosófica porém, ao mesmo tempo, real o que também sinto e penso algumas vezes… mas, essa ânsia por viver algo como o romance, no meu caso, também acontece em outros aspectos da vida. Há uma grande confusão, entre prazeres e dores, tentamos absorver o que de melhor há. Mas é na dor que recebemos as lições, por isso somos “viciados” em sofrer algumas vezes. Porque é necessário, porque é válido, porque o prazer vem curar a dificuldade. E assim caminhamos.

    @insanogenial

  88. lilianealmeida Says:

    Está vivendo mais mesmo, e muitas coisas boas, hein? *-*
    :* gosto demasiadamente de você. ♥

  89. Lucas Kafruni Says:

    muito bom cara!! parabens!

  90. Vanessa Says:

    Muito bom tua forma de expor suas opiniões e sentimentos, quem quiser ler o que eu escrevo, acesse http://confissoesdomeumundo.zip.net/ , Lucas verdadeiramente, compositor, escritor, cantor e tudo o que tens direito.

  91. Patricia Ribeiro Says:

    Omg nunca tive um escritor que me orgulhasse tanto que admrasse tanto que amasse tanto
    parabéns lukinhas
    vc escreve com sentimentos do fundo da sua alma e eu axo isso lindo *-*
    lukinhas <3

  92. Chay Says:

    Lucas, o poeta!

  93. Chay Says:

  94. thays3 Says:

    ‘ Vivê-lo, mesmo que torto, inacabado, ferido, precipitado, errado, proibido, ou impossível. Vivê-lo de verdade, com intensidade e sem escudos. ‘
    Que seja assim, meu poeta, obrigada por escrever sempre o que eu preciso ler. Acredite, eu te amo de verdade, sempre e tanto.

  95. Julia Says:

    Sempre que estou mal ou procuro respostas, seus textos na maioria das vezes me ajudam, você é o melhor, e obrigada , obrigada só por respirar, e escrever coisas que me deixam com lágrimas nos olhos <3

  96. Isabella Says:

    ”Virou romance que não mais se capitula em poucos parágrafos.” – A vida as vezes,talvez por destino ou erros humanos mesmo,afinal sempre decidimos nossos próprios caminhos,insiste em nos separar de quem amamos e de quem nos ama também,e por mais relutas,desentendimentos e situações adversas que possam ter existido entre vocês,na totalidade tudo sempre foi um romance.E como vc msm diz ”que não se capitula em poucos parágrafos”.Se é romance,existe amor.E se existe ou existiu amor,querido Lucas,valeu a pena.

  97. Gabriela Soares Says:

    Você em casa texto, cada coisa que escreve tem mais de 100 comentários. E acredito que o meu seria apenas mais um misero comentário, pois perto de cada coisa que você escreve eu fico sem palavras para me expressar.
    E lendo cada um deles aqui eu sinto que eles são tudo o que penso, que sinto e o que senti.
    Quero que continue assim, esse cantor, artista, compositor… Maravilhoso e talentoso que você é.
    Que Deus te abençoe e que esteja com você em cada lugar que for.

    Mil Beijos…

  98. thisispineapple Says:

    “O romance nos desafia a convicção, por vezes tira a paciência, e pode até nos subtrair alguns anos da vida, mas quando é que alguém, por um segundo que fosse, cogitou – a sério – viver sem ele? ”

    Adorei. Muito bom esse texto , parabéns!

  99. Fresno The Reason Says:

    Mestre

  100. @vinii_h Says:

    foda de mais, me segue no twitter ae @vinnii_h

  101. nicoleborban Says:

    Mestre, consigo realmente me emocionar com seus textos.

  102. kattaryny Says:

    muito foda lu *—*

  103. Geisa Says:

    “Indizível”!!!

  104. Tenho escrito menos. (via o romance está em apuros.) « Naturaleza Sangre Says:

    [...] Tenho escrito menos. (via o romance está em apuros.) Outubro 25, 2010 por adiósviegas E vivido um pouco mais. A literatura de meus dias perdeu o caráter de microconto, por isso não mais os tantos posts. Virou romance que não mais se capitula em poucos parágrafos. Muitas vezes abandonei em branco o texto, pois olhava, míope, para dentro de mim e nada via senão o nebuloso vulto da ulceração que ainda gritava em vermelho. Precisava encontrar um caminho para a superfície, mas no fundo daquele poço encontrei um par de lentes. O romance … Read More [...]

  105. Katiana Says:

    Viver o romance é estar em apuros.
    Estou vivendo, e não quero ser salvo.
    Putz , que verdade!

  106. Isis Says:

    “Viver o romance é estar em apuros.
    Estou vivendo, e não quero ser salvo.”
    Muito lindo, amo como você escreve, e, me identifico também.
    Amo você Lucas
    ;*

  107. Graziela Says:

    Que inspiração!

    Posso dizer que todo poeta, viveu intensamente, se não, busca na memória sua intensidade.
    Pois é preciso a atenção na vivência, se não, na lembrança de cada momento, que junto acaba trazendo o sentimento à flor da pele, e não há nada melhor que o sentimento para combater o desafio diante do “papel em branco”, por isso que você busca nos lugares, na memória, nos tempos, ruas, ou pessoas, sua inspiração…, e mais precisamente no amor, ou na mulher amada que já é explícito que há um sentimento.
    Pois é mais fácil buscar nossa inspiração, onde o nosso “sentir” fala mais alto.

    Parabéns pelos textos, isso é ser intenso,isso é ser apenas vc !

  108. Sonhos entre Pontinhos Says:

    Ain faz tanto tempo que ele não escreve :s saudades…
    ameei o texto, é simplesmente maravilhooso.

  109. Dan Porto Says:

    Uau Lucas
    Bela surpresa encontrar esses textos aqui, certo que vou garimpar tudo.
    Forte abraço.

  110. Clarissa Ribeiro Says:

    ”Em perigo estamos nós, nesse apuro que reside na nossa urgência em vivê-lo. Vivê-lo, mesmo que torto, inacabado, ferido, precipitado, errado, proibido, ou impossível.” Muitas vezes até tentamos fantasiá-lo, tentamos encontrar o que nos falta no outro, mas encontramos uma cópia. E nos frustramos, nos culpamos, acabamos desacreditando. ”Romance é o que se persegue pelas esquinas, que foge à luz dos postes, e ele está bem”. Sim, está bem.

  111. Luh Says:

    Pow .. ducaaaa!!
    Fodasticooooo!!

    Continua assim… To adorando!kkk
    bjiiin

  112. Anaísa Says:

    ideias parecidas escritas e descritas de diversas formas!
    que bom reler o reinventado
    lindo texto

  113. roseresende Says:

    Você é a minha inspiração, cara.

  114. má. Says:

    @hellomorons mexendo com o velho Lucas. =)

  115. Amanda Says:

    OMG *-* as suas palavras são as palavras certas que definem tudo o que se passa aqui dentro.

  116. Naline Th. Says:

    “Viver o romance é estar em apuros.
    Estou vivendo, e não quero ser salvo.”

    Me fez pensar em uma coisa:Para que ser salva?Tenho uma bóia… Se bem que não quero usá-la agora!E logo em seguida me vem Mário Quintana: “Tão bom morrer de amor e continuar vivendo”.

    Beijos, Naline .

    http://naachng.wordpress.com/

  117. lelekito Says:

    E É POR ISSO QUE EU SOU TEU FÃ.

  118. Larissa Says:

    Mestre.

  119. Pê Sousa Says:

    “Viver o romance é estar em apuros”… Por esta frase minúscula dá para perceber a gradiosidade da ideia que ela contém! Gostei muito dos seus posts.
    Também escrevo (tento!) e seria uma honra ter a sua visita no meu espaço: ABUSCADEMIMMESMO.WORDPRESS.COM

    Abs.
    Pê.

  120. Felipe Says:

    Mano,vc escreve bem prá caramba!
    Tu destrói!

  121. Ariel Torres Says:

    Cara… Lucas. vc é foda!
    Sou sua fã!
    Fica com Deus,
    Beijos aos montes

  122. karla siqueira Says:

    maravilhoso o que escrevestes; virei fã, bjs e bom 2011.
    karla siqueira( santamariense em floripa)

  123. marii Says:

    tenho um blog há um tempo, mas quando eu crescer, quero escrever que nem você! hahaha

    lindo. adoro seus textos!
    Beijos!

  124. Maay. Says:

    “Ninguém nos obriga a sentir as mesmas dores de novo, mas a gente se quebra em mil pedaços para sentir o prazer na cura.”

    Lucas, você esta de parabens, amei seu texto, esse texto me deu mais vontade ainda de continuar a escrever no meu blog (coisa que eu ja estava pensando em desistir)

    Otimo 2011 para você s2
    Beeijos

  125. Karinny Says:

    Muito lindo. Parabéns, você tem talento!

  126. Diego Says:

    ‘ Viver o romance é estar em apuros. Estou vivendo, e não quero ser salvo. ‘ – disse tudo.

  127. lola Says:

    amore adorei e sempre bom ler o que vooc tem pra escreve bjs

  128. Patricia Lorrane Says:

    muuito boom!

  129. Jenny (@jeehlautneer) Says:

    Sinto que tenho chegado aqui como um espectador chega à um espetáculo já terminado, não há mais um show a ser feito, o ultimo esteve há horas aqui eu não estava para presenciá-lo, não estive para senti-lo e não tenho o direito algum de pedir para repetir. Não há mais elenco, nem produção, só o teatro vazio e eu. Queria ter tido tempo para vir cedo, e acompanhar tudo, mas não se pode voltar ao passado.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 830 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: